Pular para o conteúdo principal

A gente nunca ia dar certo

Pinterest/Stylabl


Seu despertador toca pela décima vez, mas eu te acordo com a ponta dos dedos - ainda enrolados nas meias cor de rosa que você me deu. Dormi de calcinha e camiseta esta noite. E você nem chegou a amassar o lençol que te dei. De peito e ombros nus, você finge que não me ouviu dizer que já são oito horas e vira o rosto para o outro lado da cama. Abro as cortinas pra te obrigar a levantar. Estamos atrasados para o dia que mal começou, e para a vida doida que a gente leva mesmo sem querer. E toda a culpa foi de uma noite divertida e quente, que relembro no banho enquanto você passa meu café.

- Coloco leite? - ouço sua voz abafada pelo som do ventilador.
- E chocolate! - peço em um tom de voz maior, enquanto abro a embalagem de xampu.

A água quente escorrendo pelos olhos, embaça todo o vidro do banheiro. E quando me viro, lá está você. [Encostado na parede. Só de cuecas.] Me espiando no banho e tomando o meu café sem-a-menor-vergonha.

O pires em uma mão, uma xícara em outra e um olhar devorador no meio. 
Não há como te odiar, sorrindo assim pra mim.

Sorrio de volta, finjo que não te vi quase pelado a essa hora da manhã e dou as costas novamente. Começo a pensar em todos os teus defeitos, pra evitar que a gente se atrase ainda mais. Não sei como alguém como você veio parar na minha vida. Não faço a mínima ideia de como você recolhe calmamente as toalhas que deixo caídas na cama durante um dia inteiro. Não é possível acreditar que você não se importe com uma garota que durma de calcinha e meias - e muitas vezes com as pernas por fazer.

Como é possível que o tempo não quebre esses pedaços açucarados de encanto que a gente tem? Eu já te vi arrotar. Como é possível que o amor não acabe quando o outro arrota? Como você pode continuar fazendo meu café depois que te digo para não esperar o mesmo de mim? Eu, que sempre fui bagunça, gritaria e confusão, não consigo acreditar que estou num mundo onde livros e CD's são separados por ordem alfabética. 

- Isso é loucura! - digo, desligando o chuveiro.
Desembaço o vidro com as mãos e aí está você: pronto para entrar na água comigo dentro.

- Isso não é amor. Isso é loucura! - repito, encurralada por você dentro do box, que mais parece uma sauna matinal.
E sabe o que você me diz?

- Amor e loucura são a mesma coisa. - E me beija, me impedindo de continuar falando e pensando as bobagens de sempre.

Então eu confirmo o que eu sempre soube: 
A gente nunca ia dar certo... Se a gente não quisesse.

Comentários

  1. Que lindo, que lindo, o amor é isso mesmo. Só perde o encanto ou dar errado, se ambos quiserem isso.

    ResponderExcluir
  2. ameeei que texto mais lindo e te prende de uma forma que você não para de ler.
    blogpolimania.wix.com/polimania

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comentário mais lindo tambén Lidiane *-*

      Excluir
  3. Ai, eu adorei seu texto! Só dá certo quando a gente está disposto a fazer dar certo. <3

    bjs,
    naty

    garotaveneta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os indícios dizem que sim, não é Nathalia? Obrigada por vir!

      Excluir
  4. ai esses teus textos.
    ~~ suspiros ~~~

    amor e loucura SÃO MESMO a mesma coisa. ♥

    ResponderExcluir
  5. Ai que lindo, amei! E de fato amor e loucura são sim a mesma coisa. haha
    Beijão, www.desapegaadri.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Mari. Fico feliz em te ler por aqui :)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

20 semanas: chegamos na metade

Finalmente chegamos na metade da gestação. E quando penso nisso, vejo um reloginho me lembrando que logo logo seremos três em casa. Que logo logo, fraldas, lencinhos e chupetas vão se tornar acessórios obrigatórios na minha bolsa. Que logo logo, o cantinho que eu havia programado para ser meu escritório vai dar lugar a um lindo quarto de bebê. Que daqui a algum tempo, eu vou tropeçar em brinquedos. Que haverá mais um homem em casa. 
Tudo parece assustador e delicioso ao mesmo tempo. Tenho vontade de chorar e de rir. E em algumas ocasiões, não sei como diferenciar uma coisa de outra.
Esta semana eu passei dos limites nas comilanças. Comecei esticando de um chá de fraldas (de um amiguinho do Joaquim) para um aniversário. Nunca comi tanta bobagem e tomei tanto refrigerante de uma vez na vida. E na volta pra casa, a cada semáforo fechado, minha consciência ficava tão pesada quanto a minha barriga. #envergonhada
Minha mãe começou a fazer cueirinhos, toalhinhas de fralda e paninhos de chup…

O dia em que eu descobri o que houve com a gente

19 de março de 2018, o dia em que eu descobri o que houve com a gente.

Sou uma menina relativamente jovem, 25 anos mais pra lá do que pra cá. Digo relativamente, porque juventude é algo relativo (e não necessariamente tem a ver com a idade, aliás). Mas para o assunto que me permito escrever hoje, idade tem tudo a ver. É biológico para mulheres que pensam em ter filhos olhar sua própria idade de forma diferente. Eu nunca planejei filhos, na verdade. Quem me conhece sabe que nunca levei esse assunto assim a sério, como algo que eu precisasse pensar e planejar ou que fosse uma grande vontade. Nunca tive. Até acontecer.
É uma sensação parecida com estar apaixonado. Você não sabe que pode viver algo muito bom (vamos pensar no lado bom, apenas), até se apaixonar. A mesma descoberta eu tive quando descobri que estava grávida em dezembro de 2015. Não foi algo planejado. Aliás, conheço pouca gente que teve a sorte de planejar e ter o destino assim aos seus pés atendendo a esse "cronogra…

CK IN2U for Her: Básico, mas instigante

O CK IN2U for Her é amor à primeira vista, mas se for Eau de Toilett será um amor fugidio, com pouca fixação. Já o Eau de Parfum gruda nas roupas e na memória olfativa, prolongando uma sensação que é o maior diferencial deste perfume oriental floral: deixar a mulher cheirosa toda hora. Embora muita gente sinta cítrico, limão, baunilha, minha primeira impressão era de estar diante de patchouli, mas a nota é particular apenas ao perfume masculino.  De modo geral, ele pode ser classificado como um básico com personalidade e irradia alto astral, daqueles que cheiram a riqueza despojada, aquele tipo que não ostenta porque se define por ser e por si. Versátil, ele apresenta notas de fundo rico de baunilha e âmbar que associadas às notas de cabeça cítricas de toranja rosa efervescente, bergamota e folhas de groselha e as de coração, que são orquídea e cactus, proporcionam uma sensação de frescor que dura todo o dia – dependendo da evolução na pele de cada pessoa. A fragrância foi lançada pela …