Pular para o conteúdo principal

19 semanas: A escolha do nome


Acho que essa foi a semana mais intensa de todas para nós três, e uma das mais dolorosas pra mim. Como nossa contagem inicia sempre às quintas-feiras, tivemos um feriadinho tranquilo, tranquilo para nos aproveitar. A maior parte do tempo que fiquei em casa, fiquei deitada na cama, com um super ventilador em cima de mim e jogando no celular. E adivinhem o que eu descobri? Meu bebê adora Candy Crush! ♥ Senti ele mexer tão mais forte do que foram nas outras vezes, e em pelo menos três ocasiões diferentes eu estava deitada jogando Candy Crush com a musiquinha do jogo em volume alto. Virei aloca do Candy, Soda e Jelly agora, hahaha.

Tive alguns enjoos esporádicos essa semana também. Na sexta santa, eu era visita no almoço, e corri pro banheiro antes da terceira "garfada". Mas voltei lady e terminei o almoço feliz da vida. Minhas ocorrências são sempre assim: chegam sem avisar, e terminam assim que aciono a descarga. Menos mal! Mas nada, nada que se compare aos dramáticos enjoos do primeiro trimestre.

Dores nas costas
Minhas dores nas costas aumentaram de um jeito inexplicável. Às vezes estou dormindo, e no meio da madrugada, a dor na parte lateral esquerda e inferior das costas aparece. Me sento na cama por uns cinco minutos e depois tento uma das poucas posições que ainda nos restam, e que funcione pra a gente. Esta é a parte nada mágica da jornada. :(

Muito mais xixi
Por falar em "no meio da noite"... prazer, eu virei uma torneira! No início da gravidez eu estava indo em média duas vezes ao banheiro, no meio da noite. Eu ia de olhos fechados mesmo. Ascendia a luz do banheiro, fazia meu xixi, dava descarga, lavava a mão, tomava mais água e deitava. Tudo no automático! Agora, meus passeios pelo menos duplicaram. Há noites em que não vou menos que cinco vezes ao banheiro. Não sei de onde sai tanto xixi, mas há uma explicação simples pra isso. Como estamos quase na metade da gravidez, o bebê tem ocupado um espaço bem maior aqui dentro e tudo indica que ele já esteja apertando um pouquinho da minha bexiga. Eu preciso de espaço, mamãe!

Vacina e reações
Tomei a primeira dose da vacina Antitetânica (DT), uma das quatro vacinas que as grávidas devem tomar. E eu tive reação! Como era esperado, meu braço ficou dolorido por uns três dias, e no dia seguinte à vacina, senti muito frio - uma quase febre de 36.9 - e muitas dores no corpo, além de uma moleza fora do comum. Fiquei super preocupada, mas pesquisei e conversei com outras gestantes do grupo no whats, e as reações, especialmente da DT são bem comuns. Fiquei imaginando se eu, uma cavala batizada, fiquei abusadinha, avaliem os bebês? :(

A escolha do nome
Das tarefas que, subentende-se, que seria a mais fácil de todas, a escolha do nome com certeza não foi tão fácil assim pra a gente. Estávamos entre dois nomes: Ibrahim e Joaquim. Ibrahim era muito mais consensual pra nós. Achamos o nome lindo! Não só pela história (é uma das várias versões de Abraão, pai de multidões).

Por ser um nome muito popular no Oriente Médio, na última semana com o ataque em Bruxelas, riscamos o nome da lista. (Um dos homens-bomba do ataque ao aeroporto era Ibrahim). Engoli seco, e quase me engasguei quando vi no jornal a cara do sujeito. O nome continua sendo lindo pra a gente, mas não queremos lembrar dele com tristeza. Papai ainda ficou meio balançado, teimoso e resmungão, mas depois de uma conversa, batemos o martelo: nosso grãozinho vai se chamar Joaquim. 

Papai dizia que Joaquim é nome de menino almofadinha, hahaha. Que seja meu almofadinha então! Não chegamos a considerar nomes compostos, por causa do meu sobrenome "Fabrício", que já tem esse efeito, mesmo indesejado. Meu pai brincou e disse que se eu colocasse dois nomes ia chamar a coitada da criança de "Couve-Flor" ou "Batata-Inglesa", haha. Engraçadinho!

Descobri há pouco, mas apesar de ser bem popular em Portugal, a origem de Joaquim é, na verdade, hebraica, do original Jehoiachim. E tem um significado bem bonito: Deus estabeleceu. 

Acho que fizemos bem em esperar para definir Joaquim como Joaquim, não é?
Beijos nossos.

Comentários

  1. Lembra que te falei que amo Joaquim? Mas já tinha um na família?!
    E não tem nada de almofadinha rsrs.
    Amei. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi Cami? Desconsideramos meu primo segundo, e que eu nem conheço mesmo, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ♥♥

      Excluir
  2. Respostas
    1. Também acho lindo! Rico já não sei, mas tomara que seja hahahaha ♥

      Excluir
  3. QUE AMOOOOOOR!!!

    Amei o nome Rê, o Joaquim vai ser muitooo abençoado por Deus!! Que esses meses passem logo e que possamos ver o rostinho do pequeno!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Doida pra que chegue logo também Layla. *-*

      Excluir
  4. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaain... Joaquim! <3
    Escolha linda!

    Rê, sua barriguinha tá tão linda que fico bestinha vendo as fotos que você posta.
    Baby Joaquim tá procurando mais espaço na mamãe, mas acho que o lugar que ele tá ocupando espaço sem incomodar nadinha é no coração. <3

    Beijão em vocês :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostou mesmo do nome Magdinha? <3

      E sobre a barriga: Ain, tu acha? Vai crescer ainda mais com certeza. (Na barriga e no coração) ♥♥

      Excluir
  5. O nome é muito importante e tem que ser escolhido com bastante cuidado né?
    Amei o nome Joaquim e mais ainda o seu significado.
    Beijos, seguindo o blog para acompanhar os próximos posts do diário de gravidez.
    Filha do Rei | Larisse Design: Seu blog de carinha nova é aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Larisse. Eu também gostei demais do significado. Acho que caiu muito bem com toda a história! Obrigada pelo carinho ♥ (Nós três agradecemos).

      Excluir

Postar um comentário

Mais lidas

A crise do cometa

Tumblr: My name is Caroline

Ouvi dizer que um cometa de nome bem difícil vai passar pertinho da Terra amanhã. Pertinho é charme, são 21 milhões de quilômetros de distância da Terra, o menor valor de distância já registrado na história. Não sei em que isso muda minha vida, ou a sua (Sou de humanas). O fato é que coisas estão girando o tempo todo. Coisas estão ficando mais perto umas das outras, ou se afastando rapidamente. O lugar onde estamos hoje é consequência de coisas que aconteceram à nós. Segunda lei de Newton, amor: a força aplicada em um corpo tem total relação com a mudança na velocidade sofrida por ele. Tô parecendo até intelectual de exatas falando assim, mas foi um belo googão. ♥
Isso significa algo bem importante: estamos vivos. Piscamos os olhos, coçamos a mão e "me belisca pra eu ver que eu não tô sonhando". Ação e reação. A gente funciona. Não somos passivos. Somos uma massa grande de neurônios, pele, sistemas e coração. Ah, esse danado desse coração. Às vezes…

Ainda cabe você aqui dentro

Foto: Pinterest


Às vezes perco o tempo de vista imaginando como seria ganhar um sorriso seu. Confesso, voltar aqui é arrancar e sentir arder um pedaço de mim que ainda está em carne viva, mas que eu consigo disfarçar bem. Eu sempre achei que soubesse que saudade dói. E sabe... eu subestimei essa mulher. Que pena que não posso me desculpar, tomar um analgésico e fazer todo o resto desaparecer. 
Coisas aconteceram. Coisas deixaram aquele meu músculo preferido em frangalhos. Coisas não param de rebobinar na minha cabeça. Cenas do nosso amor interrompido. Não por vontade minha. Como poderia? Quem dera tudo se resumisse apenas a coisas, e não a pessoas. É mais fácil sofrer por bobagens.
Tempos atrás, muito antes de você, perdi meu moletom preferido. Um vermelho, quase duas vezes maior que eu, com um coração amarelo estampado bem no meio. Achei que fosse o fim da minha vida abrir a gaveta e não saber onde coloquei. Passei semanas remoendo isso dentro de casa. E como é fácil sofrer por beste…

Quando vai sobrar um pouquinho de você pra mim?

Hoje eu tive um daqueles típicos dias de cão. Se você nunca teve um, vou te explicar como funciona. Primeiramente você acorda, e pode deixar que o universo cuida do resto. A noite já foi mal dormida mesmo, então o que vem a seguir são só aperitivos. E vou te dizer mais uma coisa: dormir numa cama que você acha que nem é mais sua é a pior experiência que existe. Você acorda mais cansado do que quando foi dormir, é preciso pontuar. A companhia também conta muito. E o que aconteceu antes também. Desculpa o arrodeio todo, mas o dia de cão começa vinte e quatro horas antes, ou na noite anterior, bem antes de dormir.
Começa comigo, acordando cedo em pleno feriado para cobrir um plantão policial daqueles. (rebeliões. meninos tocando fogo em colchão, tentando matar o colega da cela vizinha, e eu imaginando como o mundo pode ser assim. daí tem explosão a banco, arrombamento de cofre, perseguição pelo meio do mato e tudo que um repórter de cidades tem direito). O plantão acaba, e quero aprovei…