Pular para o conteúdo principal

Diário de gravidez: 15 semanas


Esta semana comi peixe duas vezes. Há tempos estava com vontade, e o primeiro que comi foi feito pela minha sogra: um filé de Merluza no molho maravilhoso! Estou com água na boca novamente só de lembrar. Dois dias depois, comi um peixe frito dos céus na casa da minha mãe. E chegamos à conclusão de que, sem sombra de dúvidas, peixe é uma das carnes mais apetitosas pra mim. 

Sentindo falta
Se eu pudesse dizer uma coisa de que estou sentindo falta durante a gravidez, não seria nem uma taça de vinho. Sou muito tranquila com isso. Seria sushi, sashimi e temaki. Todos crus, obviamente. Acho que por isso, me apeguei tanto aos peixes no almoço como uma forma de compensar a lembrança. Os crus, carnes mal passadas e verduras de origem duvidosa trazem o risco de toxoplasmose. E não queremos um problema desse tamanho logo agora, quase na metade da nossa jornada mágica não é? Como sou uma viciada assumida em japonês, estou evitando passar por perto dos meus restaurantes favoritos. (Eu não preciso me torturar não é?)

Almoço no sítio
No último final de semana os colegas de trabalho do meu marido organizaram um churrasco no sítio de um deles. Nunca mais eu tinha ido a um lugar assim: tranquilo, cheio de vento e árvores. Vou ser bem honesta. Eu estava esperando muito muito muito por comer fruta direto do pé. E embora eu só tenha encontrado manga e seriguela, posso dizer que valeu a viagem. Fruta do pé tem outro sabor né? Vamos combinar!

Admirando a barriga
Eu já comecei o diário falando de comida né? Mas preciso dizer que tenho passado mais tempo olhando minha barriga. Às vezes faço isso por vários minutos demorados, só pra ver se é de verdade. E embora eu ainda esteja achando ela pequenininha, eu adoro quando alguém repara e diz que ela tá grandona. É como se a pessoa estivesse massageando meus pés! Nunca na vida, imaginei que ficaria feliz em ouvir alguém dizendo que minha barriga está grande. E ainda mais: não imaginei que eu mesma ficaria monitorando dia a dia, em frente ao espelho, o tanto que ela cresce. Coisas da maternidade. 

Mais idas ao banheiro
Eu tenho feito muito mais xixi que no início da gravidez. Desculpem falar o termo assim, na lata. É que acho "urinar" bem pior. As noites tem sido repartidas em pelo menos três tempos. Isso já vinha acontecendo desde o início, mas agora com mais frequência e acredito que daqui para o fim das 40 semanas, vamos aumentar essas visitas ao banheiro de noite.

Se falamos em xixi, é óbvio: estou tomando muito mais água. Estou sempre com sede e acho que isso é bom. Afinal, se eu tomo mais água, eu retenho menos líquido e incho menos. Imagine Renata com dedinhos de salsicha? Não é isso que queremos, né? Essa semana, tomei quase uma litro de água de coco, sozinha. Meu pai separou uma garrafinha pra mim e passei uma semana deliciosa.

Roupas mais apertadas
Eu tenho uma calça jeans, que eu estava guardando pra usar quando o #projetoverão deixasse minha bunda mais dura. Só que como o #projetoverão virou #projetomaternidade, foram meus quadris que aumentaram. Eu não vejo essa diferença no espelho, mas quando vesti a calça por esses dias, me dei conta de que eu e esse jeans estamos nos despedindo. E espero que não pra sempre!

Minhas camisetas polo que usava pra trabalhar também já estão virando um top cropped, rsrsrsrs. Vesti uma delas essa semana, e ficou tão justinha que ameaçava mostrar minha barriga a qualquer respiração.

Tamanho/desenvolvimento de sementinha
Essa semana ele pesa 70 gramas e mede cerca de 11 centímetros da ponta de cabeça até o final do bumbum. Ele já soluça, tem unhas e as articulações já funcionam. Essa semana termina a fase de desenvolvimento dos órgãos genitais, então logo logo sementinha ganhará um nome sério, hahaha! As pálpebras do bebê continuam fechadas, mas ele já consegue perceber a luz. Incrível né?

Se Sementinha não fizer mistérios, acho que no próximo diário já saberemos se vamos falar de lacinhos ou gorrinhos. Continuem nas apostas!

Boa semana pra vocês.
Beijos nossos 

Comentários

  1. Ri bastante na história da polo-cropped. kkkkkkkkkkkkkk
    Deve ser a perda de roupas mais gostosa do mundo! Fico só imaginando e sonhando. Coisa linda!

    Rê, aproveita muito cada dia desse momento lindo da sua vida. Muita luz pra vocês!

    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é que é, Magdinha? É uma coisa tão #emoção se ver esticando as camisas na frente do espelho. Eu tô aproveitando cada pedacinho de dia simmmmmmmmmmmmm ♥ Beijoca.

      Excluir
  2. ooown!! espero que seja uma menininha kkkkk!

    ResponderExcluir
  3. Esses diários que deixam até quem não é mãe toda boba <3
    Estamos na torcida Rê, menino ou menina sei que será muuuito amado(a)!
    Minha torcida é na menina, e se for, qual será o nome?

    Beijooo :*
    http://tardedioutono.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vive boba né Layla? ♥ Com certeza será muito amado(a)!!!! Tan dan dan dan. Se menina, será Petra! (Eu quase não conto a ninguém, pra ninguém roubar ela kkkkkkkkkkkkkkk)

      beijoooooca.

      Excluir
  4. Ah, amei seu diário de gravidez!
    Eu estou grávida de 35 semanas, é minha segunda gestação, tenho uma filha de 8 anos e agora estou esperando outra menininha... Desde a minha primeira gravidez, eu só tenho desejo por comida japonesa, peixe cru mesmo, mas não podemos, então eu também fico muito feliz com peixe e como temaki com salmão grelhado (o que não é a mesma coisa, mas dá pra enganar, rsrsrs).
    Minha barriga está enorme, bem diferente da primeira vez, eu não aguento mais o meu peso, os meus dedos nessa fase final, estão parecendo salsichas e nenhuma roupa me serve mais, nem as que eu comprei para suportar a barriguinha(ão).
    Com certeza vou te acompanhar e quero saber o que será sua sementinha, que Deus abençoe vocês dois com muita saúde.
    Beijos!

    www.xadeamora.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Vanessa! Morrendo de rir com você. Parece que estou me vendo nesta verdade: nenhum grelhado é tão maravilhoso e apetitoso quanto um cru! <3

      Super na torcida por você e suas meninas <3 Muita luz e saúde pra vocês, Van ♥

      Excluir
  5. Louca pra saber se precisarei encomendar um lacinho ou gorrinho pra nossa sementinha na próxima visita à Campina <3 me emociono ao ver essa evolução, que continue crescendo bem e saudável. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tan dan dan dan ♥ Obrigada por todo amor, Barbs! Estamos muito felizes com todas as mensagens de carinho e preocupação que recebemos. Doida pra te ver!

      Excluir
  6. Reeeeeee, eu dei uma sumida, primeira vez que vejo o seu diário <3 aiiiiiiii quanto amor, fico vendo suas fotos no face e insta e fico tão feliz de ver essa carinha toda boba e que delicia deve ser, pretendo acompanhar tudo por aqui também a partir de agora.
    E eu vou apostar em uma menininha, vamos falar de lacinhos!
    Beijos querida e parabéns por esse mega presentão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida anda tão corrida né Barbs? Ow, que linda!!!

      Tan dan dan dan, hahaha. Obrigada Barbs.

      Excluir

Postar um comentário

Mais lidas

Não achei um título pra você

Acordei como um papel em branco perdido em milhões de gavetas. Não são gavetas, mas é como se fossem. Estou entre duas cobertas e um lençol de elástico, que se soltou da cama no meio da noite. Deve ser um sinal de que algo está onde não deveria. Um ponto fora da curva. Uma curva fora do ponto. Final, por sinal. E espero que não estejamos falando de nós. 
Sinto que falta algum pedaço de história ser escrito em mim. Em meio a tantas cicatrizes, não reconheço mais todas as marcas de ferida que sobraram aqui. E olha que são muitas!
Ontem à noite você não disse nada. Quase nunca você diz. É como se a vida estivesse gritando uma senha no balcão e a gente estivesse dormindo na sala de espera. Estar: um verbo do tamanho do mundo, que quase não reconheço mais. Presença às vezes significa mais ausência do que o contrário. Queria enrolar seus cabelos enquanto você dorme, mas eu sempre pego no sono primeiro. Será que algum dia vamos, enfim, nos esbarrar na esquina da nossa sala? Quem sabe tomar …

A crise do cometa

Tumblr: My name is Caroline

Ouvi dizer que um cometa de nome bem difícil vai passar pertinho da Terra amanhã. Pertinho é charme, são 21 milhões de quilômetros de distância da Terra, o menor valor de distância já registrado na história. Não sei em que isso muda minha vida, ou a sua (Sou de humanas). O fato é que coisas estão girando o tempo todo. Coisas estão ficando mais perto umas das outras, ou se afastando rapidamente. O lugar onde estamos hoje é consequência de coisas que aconteceram à nós. Segunda lei de Newton, amor: a força aplicada em um corpo tem total relação com a mudança na velocidade sofrida por ele. Tô parecendo até intelectual de exatas falando assim, mas foi um belo googão. ♥
Isso significa algo bem importante: estamos vivos. Piscamos os olhos, coçamos a mão e "me belisca pra eu ver que eu não tô sonhando". Ação e reação. A gente funciona. Não somos passivos. Somos uma massa grande de neurônios, pele, sistemas e coração. Ah, esse danado desse coração. Às vezes…

Ainda cabe você aqui dentro

Foto: Pinterest


Às vezes perco o tempo de vista imaginando como seria ganhar um sorriso seu. Confesso, voltar aqui é arrancar e sentir arder um pedaço de mim que ainda está em carne viva, mas que eu consigo disfarçar bem. Eu sempre achei que soubesse que saudade dói. E sabe... eu subestimei essa mulher. Que pena que não posso me desculpar, tomar um analgésico e fazer todo o resto desaparecer. 
Coisas aconteceram. Coisas deixaram aquele meu músculo preferido em frangalhos. Coisas não param de rebobinar na minha cabeça. Cenas do nosso amor interrompido. Não por vontade minha. Como poderia? Quem dera tudo se resumisse apenas a coisas, e não a pessoas. É mais fácil sofrer por bobagens.
Tempos atrás, muito antes de você, perdi meu moletom preferido. Um vermelho, quase duas vezes maior que eu, com um coração amarelo estampado bem no meio. Achei que fosse o fim da minha vida abrir a gaveta e não saber onde coloquei. Passei semanas remoendo isso dentro de casa. E como é fácil sofrer por beste…