Pular para o conteúdo principal

Sementinha

Foto: Tumblr

2015 definitivamente foi um ano bem cheio pra mim. Comecei planejando o meu casamento, que aconteceu em maio, e terminei planejando um chá de bebê. Sim! #RenataMoms Depois que tocaram o Jingle Bell descobri a minha gravidez. Agora somos Eu Renata e mais uma sementinha de 9 semanas que está fazendo uma participação bem especial por aqui. 

No início de dezembro os preparativos para a apresentação do meu TCC haviam sido o motivo do sumiço do blog, mas logo em seguida, tive uma super semana de enjoos e começamos uma peregrinação diária em hospitais em busca da "causa". Não sei quantas furadas levei nos braços, entre soros, dramins e vitaminas. Foram quatro médicos e dois remédios para gastrite, que nunca funcionaram, até o ultrassom confirmar: tem mais um coração batendo em mim.

Terminei o ano replanejando 2016. A primeira viagem ao exterior e um escritório no meu quarto de solteiro lá de casa terão seus investimentos redirecionados. Um quartinho de bebê, que ainda está em branco, logo ganhará cor. Um bercinho, um abajur, mamadeiras e um cheirinho de talco em breve estarão por toda a casa.

Tenho que confessar: fiquei assustada no começo! Eu não via sinais de que isso pudesse acontecer. Minha menstruação não atrasou, e um teste de farmácia (só para fins de explicação ao público) deu negativo. Foi um choque. Eu nunca senti tanto medo de machucar alguém como sinto agora. Acho que é isso que todo mundo sente quando ganha algo inesperado né? Medo de não merecer aquilo.

Eu que sempre comi errado, dormi errado e fiz tudo errado, agora tenho o cuidado de não dormir de bruços, comer sempre coisas saudáveis e nas horas corretas, tomar bastante água e sempre me pego segurando a barriga, como se a qualquer momento alguém pudesse levá-la de mim. 

O papai Heslly nunca saiu de um hospital tão feliz. As comemorações têm sempre um sorriso bem largo no rosto dele. Meus pais estão tão empolgados, que já criam supostos futuros diálogos do neto/neta. Minhas colegas de trabalho já fazem suas apostas sobre o sexo do bebê. Sempre rimos juntas sobre como uma pessoa tão pouco delicada como eu foi preparada especialmente para este momento. Meus amigos de faculdade já têm um motivo a mais para aquele chopp do fim de semana. Uma amiga de infância ficou exatamente igual a mim, chorosa, cheia de medos e planos. Outras duas também quiseram chorar. Centenas de mensagens de carinho nas redes sociais. 

Acho que é isso que um bebê faz com a gente: Nos dá esperança. Nos enche de cuidados. Faz quem está perto ficar mais perto e quem está longe se reaproximar.

O susto passou, os planos mudaram, mas mesmo cheia de perguntas ainda sem respostas, a única coisa que sei é que nunca mais estarei sozinha. Um coração batendo aqui, além do meu, abre as curvas do meu sorriso de um jeito que não sei explicar. O dia nunca esteve tão lindo... E aqui dentro, tudo sorri. ♥

Vou contar muita coisa sobre esse novo momento por aqui, tenham certeza.
Mas enquanto isso, beijos de nós dois. 

Comentários

  1. Parabéns! Deve ser algo incrível, saber que existe alguém crescendo dentro de você. Espero um dia ser mãe também, deve ser algo inexplicável.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lenise. Ainda estou descobrindo as delícias desse universo, tão novo pra mim. ♥

      Excluir
  2. Owwnnn... É lendo e se emocionando mais ainda! Parece que foi ontem que estávamos trocando figurinhas sobre casamentos simples e criativos. E agora essa união já dá um novo fruto, tão amado e desejado.
    Mais uma vez desejo a vcs muitas felicidades. E eu estarei sempre aqui acompanhando as aventuras dessa mamãe linda e esse bebê lindo que está por vir.
    E posso já fazer uma aposta???
    Acho que será um menino lindo! Vc tem cara de ser uma super mãe de um molecão! Grande beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain ♥♥ Parece que foi um dia desses mesmo Thaise. Eu, rainha dos orçamentos e das dúvidas sobre a festa de casamento, e você tranquila e calma me ajudando com várias diquinhas. É bom saber que tem uma torcida grande por nós. Apostas lançadas. Assim que souber, vocês vão saber com certeza. Obrigada por todo amor!!!

      Excluir
  3. Mudança de planos mais linda! <3
    Melhor presente do mundo!

    Fiquei tão feliz, Rê, mas tão feliz! Bebês sempre trazem mais luz pra vida, pro mundo! Que o seu bebê traga um mundo novo pra você(s)!
    Beijão :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que lindo, Magdinhaaaaaaaa!!! Obrigada por essa energia boa que você sempre traz quando vem. A gente tá muito feliz com tudo isso ♥♥ Beijo bixota!

      Excluir

Postar um comentário

Mais lidas

A crise do cometa

Tumblr: My name is Caroline

Ouvi dizer que um cometa de nome bem difícil vai passar pertinho da Terra amanhã. Pertinho é charme, são 21 milhões de quilômetros de distância da Terra, o menor valor de distância já registrado na história. Não sei em que isso muda minha vida, ou a sua (Sou de humanas). O fato é que coisas estão girando o tempo todo. Coisas estão ficando mais perto umas das outras, ou se afastando rapidamente. O lugar onde estamos hoje é consequência de coisas que aconteceram à nós. Segunda lei de Newton, amor: a força aplicada em um corpo tem total relação com a mudança na velocidade sofrida por ele. Tô parecendo até intelectual de exatas falando assim, mas foi um belo googão. ♥
Isso significa algo bem importante: estamos vivos. Piscamos os olhos, coçamos a mão e "me belisca pra eu ver que eu não tô sonhando". Ação e reação. A gente funciona. Não somos passivos. Somos uma massa grande de neurônios, pele, sistemas e coração. Ah, esse danado desse coração. Às vezes…

Ainda cabe você aqui dentro

Foto: Pinterest


Às vezes perco o tempo de vista imaginando como seria ganhar um sorriso seu. Confesso, voltar aqui é arrancar e sentir arder um pedaço de mim que ainda está em carne viva, mas que eu consigo disfarçar bem. Eu sempre achei que soubesse que saudade dói. E sabe... eu subestimei essa mulher. Que pena que não posso me desculpar, tomar um analgésico e fazer todo o resto desaparecer. 
Coisas aconteceram. Coisas deixaram aquele meu músculo preferido em frangalhos. Coisas não param de rebobinar na minha cabeça. Cenas do nosso amor interrompido. Não por vontade minha. Como poderia? Quem dera tudo se resumisse apenas a coisas, e não a pessoas. É mais fácil sofrer por bobagens.
Tempos atrás, muito antes de você, perdi meu moletom preferido. Um vermelho, quase duas vezes maior que eu, com um coração amarelo estampado bem no meio. Achei que fosse o fim da minha vida abrir a gaveta e não saber onde coloquei. Passei semanas remoendo isso dentro de casa. E como é fácil sofrer por beste…

Quando vai sobrar um pouquinho de você pra mim?

Hoje eu tive um daqueles típicos dias de cão. Se você nunca teve um, vou te explicar como funciona. Primeiramente você acorda, e pode deixar que o universo cuida do resto. A noite já foi mal dormida mesmo, então o que vem a seguir são só aperitivos. E vou te dizer mais uma coisa: dormir numa cama que você acha que nem é mais sua é a pior experiência que existe. Você acorda mais cansado do que quando foi dormir, é preciso pontuar. A companhia também conta muito. E o que aconteceu antes também. Desculpa o arrodeio todo, mas o dia de cão começa vinte e quatro horas antes, ou na noite anterior, bem antes de dormir.
Começa comigo, acordando cedo em pleno feriado para cobrir um plantão policial daqueles. (rebeliões. meninos tocando fogo em colchão, tentando matar o colega da cela vizinha, e eu imaginando como o mundo pode ser assim. daí tem explosão a banco, arrombamento de cofre, perseguição pelo meio do mato e tudo que um repórter de cidades tem direito). O plantão acaba, e quero aprovei…