Pular para o conteúdo principal

Tempos do colégio: Fresno

Foto: Mari Duarte/Audiograma



É quarta-feira e estou nostálgica. Lembro que mesmo com o fim do ensino médio, algumas coisas não saíram de mim, nem foram enterradas com o colegial. Comprar revistas Capricho de 15 em 15 dias na banca de Orlando, e ouvir música no MP3 foi de longe, o que mais ficou. (Sim, eu tive um MP3!) Um dos gêneros que mais esteve presente nesse tempo todo foi esse novo rock alternativo/hardcore/emocore e afins, aos quais meus namorados sempre esbanjaram porções enormes de preconceito. Até hoje meu *marido* não aceita, hahaha!

Uma das bandas que eu mais ouvia era Fresno. Ah, os meninos de Porto Alegre. (Bah, Tchê, Guria) Eles eram Democratas, antes de Fresno. E eu era apaixonada! Pelas músicas, pelos caras, pelo jeito que eles cantavam, pelo tanto que eu conseguia chorar ouvindo, por escrever nas últimas folhas do caderno por causa desses meninos. Queria ter a atitude deles, me vestir como eles, e claro, fui muito chamada de emo por causa deles.

Eles falavam sobre o fim. Sobre o "você achou que eu não ia sobreviver". Sobre como não dá pra viver sem um coração. Eu gostava de ouvir o jeito como eles desabafavam tudo, e ficava com raiva de não ter escrito algumas das letras que eles cantavam. Nem sempre o som das músicas era dos melhores, e tinha nome de música que era praticamente uma frase. Ah, que saudade...

Fiquei desnorteada quando Tavares saiu da banda, mas super feliz quando vi ele entrar num projeto com Humberto Gessinger. Fresno passou muitas madrugadas comigo. E não só comigo. Hoje eles têm letras até mais bonitas, deixaram de ser cria de Bonadio pra seguir o mundo independente. Cantaram pra Erasmo, Chitãozinho e Xororó, fizeram um clipe lindo com imagens captadas do espaço (veja "Infinito") e hoje são homenzinhos com barba. 

Quando a superlua vermelha apareceu, um dia desses, foi deles que eu lembrei e até escrevi na legenda de uma foto: A gente é pequeno demais, na imensidão das galáxias. E é! Eu cresci. Entrei na faculdade, e já tô quase saindo dela, mas gostei de voltar à algumas épocas da minha vida através dessas músicas.

♥ Milonga"Quando você não esperar, vai doer. E eu sei como vai doer. E vai passar como passou por mim"...
Europa: "Presa dentro dessa dor, sem ninguém pra te ajudar"...
♥ Não quero lembrar: "Não, eu não quero lembrar. Que alguém que não te quer está ocupando o meu lugar"...
Redenção: "Desligue o rádio e a TV, porque no seu domingo eu vou aparecer"...
Deixa o tempo: "Eu canto as notas mais erradas, de refrões que eu nem sei tocar"...
Cada poço dessa rua tem um pouco de minhas lágrimas: "Começa a chover, e a lágrima vai se misturar com a água que cai do céu"...
♥ Quebre as correntes: "Prometa não chorar, e não se arrepender. O que você precisar se encontra em você"...
♥ Passado: "Você diz foi bem fácil me esquecer, que o laço nasceu para ser cortado, mas eu vou discordar"...
Duas lágrimas: "Outra lágrima rolou dentro do meu coração, ao ver a velocidade com que as vidas vão em vão"...
Se algum dia eu não acordar: "E eu vou morrer sem nunca saber, se você no fundo me amava"...
Absolutamente nada: "Mais uma vez encontro em mim o cheiro que há em teus lençóis"...
Uma música: "Eu só queria uma música pra acabar com o silêncio que ficou entre nós dois"...
♥ Alguém que te faz sorrir: "E eu que hoje estou aqui e pra sempre vou ficar, segundos antes de dormir, de mim você vai lembrar"...
♥ Logo você: "O que sobrou do seu amor, será o bastante pra manter você em casa?"

Fresno ficou melhor com o tempo. Qualquer dia desses trago uma playlist das minhas preferidas mais atuais. De 2009 pra cá, pelo menos, rs. Um dia lindo e cheio de boas lembranças pra vocês. Beijo!

Encontre o blog 

Comentários

  1. Eu ouvia, mas era fã mesmo do Nx Zero, kkkkk!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ouvia NX também, mas era mais fã de Fresno. Haha. Eu lembro que tinha essa coisa: quem é melhor que quem. Meu Deus, eu tinha uma amiga que era/é muito muito muito muito fã de NX. Como é bom lembrar essas coisas!

      Excluir
  2. Super me identifiquei com o teu post porque até hoje eu ouço e gosto muito da Fresno. Simplesmente os caras continuam fazendo um som incrível! <3

    Gosto de todas as músicas que tu citou, mas, a minha preferida continua sendo "Goodbye", uma que nem é tão é muito famosa.

    Bjs!

    P.s.: Também já tive um pen drive. Outro dia até fui ao shopping procurar, mas nem encontrei. =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incrível mesmo Adriel. Ahhhh Goodbye era linda também. <3 KKKKKKKKKKKKKKKKKKK ouvir Fresno no mp3. Quem nunca? Que bom que gostou do post!!!! Meu coração ainda bate bem forte por esses meninos :)))

      Beijocas

      Excluir
  3. Eu ouvia fresno e nxzero na oitava série!!!! Socorrrrrro
    Que nostalgia hahah Hoje em dia estou longe de ouvir esse estilo de banda, mas nunca desprezarei o fato de eu ter sido fã de NxZero kkkkkkkk aliás faz parte da minha vida né.

    www.poisonedcloset.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que faz parte Keli. Faz parte de quem você é hoje!!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

20 semanas: chegamos na metade

Finalmente chegamos na metade da gestação. E quando penso nisso, vejo um reloginho me lembrando que logo logo seremos três em casa. Que logo logo, fraldas, lencinhos e chupetas vão se tornar acessórios obrigatórios na minha bolsa. Que logo logo, o cantinho que eu havia programado para ser meu escritório vai dar lugar a um lindo quarto de bebê. Que daqui a algum tempo, eu vou tropeçar em brinquedos. Que haverá mais um homem em casa. 
Tudo parece assustador e delicioso ao mesmo tempo. Tenho vontade de chorar e de rir. E em algumas ocasiões, não sei como diferenciar uma coisa de outra.
Esta semana eu passei dos limites nas comilanças. Comecei esticando de um chá de fraldas (de um amiguinho do Joaquim) para um aniversário. Nunca comi tanta bobagem e tomei tanto refrigerante de uma vez na vida. E na volta pra casa, a cada semáforo fechado, minha consciência ficava tão pesada quanto a minha barriga. #envergonhada
Minha mãe começou a fazer cueirinhos, toalhinhas de fralda e paninhos de chup…

O dia em que eu descobri o que houve com a gente

19 de março de 2018, o dia em que eu descobri o que houve com a gente.

Sou uma menina relativamente jovem, 25 anos mais pra lá do que pra cá. Digo relativamente, porque juventude é algo relativo (e não necessariamente tem a ver com a idade, aliás). Mas para o assunto que me permito escrever hoje, idade tem tudo a ver. É biológico para mulheres que pensam em ter filhos olhar sua própria idade de forma diferente. Eu nunca planejei filhos, na verdade. Quem me conhece sabe que nunca levei esse assunto assim a sério, como algo que eu precisasse pensar e planejar ou que fosse uma grande vontade. Nunca tive. Até acontecer.
É uma sensação parecida com estar apaixonado. Você não sabe que pode viver algo muito bom (vamos pensar no lado bom, apenas), até se apaixonar. A mesma descoberta eu tive quando descobri que estava grávida em dezembro de 2015. Não foi algo planejado. Aliás, conheço pouca gente que teve a sorte de planejar e ter o destino assim aos seus pés atendendo a esse "cronogra…

CK IN2U for Her: Básico, mas instigante

O CK IN2U for Her é amor à primeira vista, mas se for Eau de Toilett será um amor fugidio, com pouca fixação. Já o Eau de Parfum gruda nas roupas e na memória olfativa, prolongando uma sensação que é o maior diferencial deste perfume oriental floral: deixar a mulher cheirosa toda hora. Embora muita gente sinta cítrico, limão, baunilha, minha primeira impressão era de estar diante de patchouli, mas a nota é particular apenas ao perfume masculino.  De modo geral, ele pode ser classificado como um básico com personalidade e irradia alto astral, daqueles que cheiram a riqueza despojada, aquele tipo que não ostenta porque se define por ser e por si. Versátil, ele apresenta notas de fundo rico de baunilha e âmbar que associadas às notas de cabeça cítricas de toranja rosa efervescente, bergamota e folhas de groselha e as de coração, que são orquídea e cactus, proporcionam uma sensação de frescor que dura todo o dia – dependendo da evolução na pele de cada pessoa. A fragrância foi lançada pela …