Pular para o conteúdo principal

Quando nada no dia der certo


Você já deve ter vivido um dia de horas intermináveis como esse. É o dia em que nada funciona direito. Ninguém sabe explicar como essa "coisa" começa, mas em alguma manhã você simplesmente vai querer não ter acordado. Você tem dinheiro, mas por alguma razão (da vida contra você) sua conta está bloqueada. As chaves ficam sempre no mesmo lugar, mas só porque as coisas já estão dando errado,  as chaves ganham pernas e somem. Assim, sem avisar. Com as chaves perdidas, mais um problema à vista: seja qual for seu destino, você chegará atrasado. Porque essa é a ordem da vida: todas as coisas precisam dar erradas juntas.

1. Pra manter a harmonia do mundo, o efeito borboleta, a lei de Murphy, ou o que seja.
2. Pra provar pra você quando pensar que é o fodão, que pêi. Segure essa: Nada está no seu controle, inocente!
3. Porque se acontece com todo mundo, por que não com você? É mais especial que alguém, por acaso? Se a resposta for sim, desça pro térreo e vamos conversar!

Você nunca convida ninguém pra jantar na sua casa, e justo no dia que se programa pra fazer um prato mais elaborado - algo que só as visitas vão conhecer, o que acontece? O gás acaba e todo mundo acaba no cachorro quente falido da praça. Ê vidinha ingrata!


Depois de uma semana difícil, pra arrasar com a sua poker face, você é vítima de um mal entendido. Não é culpa de ninguém, mas em todo mal entendido sempre tem um coitado que sai com a imagem arranhada, e nesse dia esse coitado será você. Se não sair muito puto, sai pelo menos muito desgastado no final. O que dá quase na mesma coisa.

Não bastasse tudo que já descrevi, ainda tem os telefonemas não atendidos, os computadores que desligam sozinhos, os aplicativos que travam, as ligações que quando enfim atendidas caem, ou simplesmente você: sentado-tentando-se-concentrar. ~Sem sucesso~

Acontece, amigos. É a vida! Depois de passar por vários dias como esses, incluindo o de ontem - que não quero nem lembrar, começo o sábado acreditando que todo mundo precisa passar por essas coisas JUNTAS, de vez em quando. Não é vingança não. Juro! É só a avaliação: se depois de uma porrada, você levanta mais forte, o que dizer de vários nocautes de uma vez? Confia!

Não tenho dicas sobre o que fazer com tudo isso, porque não existe jeito melhor de lidar, a não ser sobrevivendo. Como disse uma amiga ontem, umas 19h depois que o azar do dia começou: A sexta-feira ainda não acabou. Mostre quem é que manda! E é bem isso.

Para esses casos em especial, vou desobedecer um dos conselhos de Jesus: não ofereça a outra face. No dia em que tudo der errado, vá pra cima! Escute uma música, ria da desgraça, dê um murro na mesa, mas pelo amor desse Jesus e do seu equilíbrio: não se entregue. É tudo que esse danado desse dia quer... Desestabilizar você!

Bom sábado e espero que esse dia não seja hoje, mas se for: coloque a música mais dançante no volume alto e encare o monstro de frente!

Beijos, Rê.

15/31

Comentários

  1. Indo abraçar a playlist.

    Feliz sábado. E que dê certo. Sempre.

    :*

    ResponderExcluir
  2. Nessas horas dá vontade de sair correndo e chorar até o dia acabar. Curuuuuz!
    Mas acontece né, a gente tem que ver o que foi bom e valorizar aquilo, seja um sorriso que alguém te deu, porque se a gente não achar algo que faça o dia valer a pena, fica bem maos difícil.

    Que o fds seja mais lindo e mais leve.
    Beijao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sair correndo e deixar tudo lá, se desmantelando sozinho... AF.
      Que assim seja, Aninha linda ♥♥♥ Kedê post hein? TAMO DE OLHO!

      Excluir
  3. Sempre encantada em como você escreve Renata *-*
    Amei esse texto como amo todos ♥
    Marquei você numa tag, se quiser responder CLIQUE
    beijos
    Ganurb

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que linda, Bru! Não faz chorar. Para!
      Eba. Segunda tag que sou marcada de ontem pra hoje. Que feliz ♥♥♥

      Excluir
  4. Oi Renata, tô conhecendo seu blog agora =)
    Que bacana seu texto. É como eu penso também... as vezes a gente se entrega e esquece que o comando da nossa vida é nosso... Tem algumas coisas que eu repito sempre, como por exemplo, não adianta chorar pelo leite derramado... derramou?! Trabalha pra comprar outra garrafa e segue em frente hahah o negócio é não deixar se abater.

    Beijos e gostei bastante da qualidade do blog... voltarei mais vezes ;)

    jessicasilvano.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo verdade, Jess! Obrigada pelo carinho ♥

      Excluir
  5. Amei seu texto muito bom,eu passei por isso hoje,justo hoje que planejei tantas coisas,vai e chove,e cheia de coisas pra fazer e responsabilidades,mas creio que quem sabe amanha dará certo,mas vou tentar aproveitar o resto desse sábado rsrs beijoooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Camy! Espero que depois desse dia de cão, tenha vindo um arco íris lindo pra você. Fique bem.

      Excluir
  6. Tem dias que nada dá certo mesmo, você já levanta da cama com as coisas dando erradas! Da próxima vez irei fazer como você não vou oferecer a outra face HAHAHAHAH

    Beijos querida! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não ofereça a outra face mesmo não, barbs. hahaha

      Excluir
    2. Não ofereça a outra face mesmo não, barbs. hahaha

      Excluir
  7. Adorei, adorei e adorei esse post! Eu costumo sempre dizer "acontece", não gosto de stress e ainda mais por coisas assim. Tudo é possível e em algum caso da nossa vida, algo parecido vai acontecer. Basta relaxar, respirar.
    namesmafrequencia.com.br

    ResponderExcluir
  8. A-D-O-R-E-I!
    E concordo muito com você, que a gente precisa tomar as rédeas da situação porque senão o negócio desanda de vez.
    Uma hora as coisas dão certo, afinal.

    Beijos.

    P.S: Amando seu blog =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomar as rédeas, Magda. Isso mesmo. Ai que linda, tu ♥

      Excluir
  9. Muito bem escrito o post!
    Realmente tem dias que tudo dá errado, mas pode piorar se vc se entregar neah?!
    Já tive dias assim e prometi, NUNCA MAIS!
    Quem faz nosso dia melhor somos nós mesmos, é só CONFIAR! Como vc disse!!!

    Eu, Tu, Nós | http://eutunos2.blogspot.com.br
    Bjoos!

    ResponderExcluir
  10. Eu odeio quando essas coisas acontecem comigo, mas sempre fico na cabeça que eu não posso jogar o meu estresse em cima das pessoas que vão vir falar comigo, já que eu não gosto que façam isso comigo.
    E sobre as chaves, é engraçado que elas somem logo quando estamos saindo de casa, ou algum papel importante que você precisa, ai você pensa "podia ter separado tudo antes de ir né" KSOAKSOA
    Beijoss

    Blog: Café Com Babis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Babis. A gente tem que reagir contra as coisas e não contra as pessoas. KKKKKKKKKKKKKKK deixar tudo separado: funciona né? Hahaha

      Excluir

Postar um comentário

Mais lidas

A crise do cometa

Tumblr: My name is Caroline

Ouvi dizer que um cometa de nome bem difícil vai passar pertinho da Terra amanhã. Pertinho é charme, são 21 milhões de quilômetros de distância da Terra, o menor valor de distância já registrado na história. Não sei em que isso muda minha vida, ou a sua (Sou de humanas). O fato é que coisas estão girando o tempo todo. Coisas estão ficando mais perto umas das outras, ou se afastando rapidamente. O lugar onde estamos hoje é consequência de coisas que aconteceram à nós. Segunda lei de Newton, amor: a força aplicada em um corpo tem total relação com a mudança na velocidade sofrida por ele. Tô parecendo até intelectual de exatas falando assim, mas foi um belo googão. ♥
Isso significa algo bem importante: estamos vivos. Piscamos os olhos, coçamos a mão e "me belisca pra eu ver que eu não tô sonhando". Ação e reação. A gente funciona. Não somos passivos. Somos uma massa grande de neurônios, pele, sistemas e coração. Ah, esse danado desse coração. Às vezes…

Ainda cabe você aqui dentro

Foto: Pinterest


Às vezes perco o tempo de vista imaginando como seria ganhar um sorriso seu. Confesso, voltar aqui é arrancar e sentir arder um pedaço de mim que ainda está em carne viva, mas que eu consigo disfarçar bem. Eu sempre achei que soubesse que saudade dói. E sabe... eu subestimei essa mulher. Que pena que não posso me desculpar, tomar um analgésico e fazer todo o resto desaparecer. 
Coisas aconteceram. Coisas deixaram aquele meu músculo preferido em frangalhos. Coisas não param de rebobinar na minha cabeça. Cenas do nosso amor interrompido. Não por vontade minha. Como poderia? Quem dera tudo se resumisse apenas a coisas, e não a pessoas. É mais fácil sofrer por bobagens.
Tempos atrás, muito antes de você, perdi meu moletom preferido. Um vermelho, quase duas vezes maior que eu, com um coração amarelo estampado bem no meio. Achei que fosse o fim da minha vida abrir a gaveta e não saber onde coloquei. Passei semanas remoendo isso dentro de casa. E como é fácil sofrer por beste…

Quando vai sobrar um pouquinho de você pra mim?

Hoje eu tive um daqueles típicos dias de cão. Se você nunca teve um, vou te explicar como funciona. Primeiramente você acorda, e pode deixar que o universo cuida do resto. A noite já foi mal dormida mesmo, então o que vem a seguir são só aperitivos. E vou te dizer mais uma coisa: dormir numa cama que você acha que nem é mais sua é a pior experiência que existe. Você acorda mais cansado do que quando foi dormir, é preciso pontuar. A companhia também conta muito. E o que aconteceu antes também. Desculpa o arrodeio todo, mas o dia de cão começa vinte e quatro horas antes, ou na noite anterior, bem antes de dormir.
Começa comigo, acordando cedo em pleno feriado para cobrir um plantão policial daqueles. (rebeliões. meninos tocando fogo em colchão, tentando matar o colega da cela vizinha, e eu imaginando como o mundo pode ser assim. daí tem explosão a banco, arrombamento de cofre, perseguição pelo meio do mato e tudo que um repórter de cidades tem direito). O plantão acaba, e quero aprovei…