Pular para o conteúdo principal

Em animação: Cinco esportes que eu praticaria

Bem verdade que a proposta do Rotaroots era outra, mas... Eu sempre fui meio rebelde mesmo. Cá estou com essa tag/meme para falar de cinco "esportes" que eu praticaria - só que do mundo dos desenhos animados. Porque hoje estou manhosa, acordei com saudades de alguns desses desenhos e porque sim. 

 Up! Uma aventura nas alturas: Balonismo
Sim, eu sei que balonismo não é beeeeeeeeem um esporte. Mas o blog é meu e eu vou chamá-lo assim, combinado? Combinado! Sonho da vida é andar de balão, gente. Acho algo tão mágico. Se pudesse ser dentro de uma casa como a de seu Fredricksen, melhor ainda né? <3 Quando passava Salve Jorge, e aqueles balões maravilhosos na Turquia, eu ficava encantada/babando/abestalhada na frente da TV. Preciso fazer isso um dia na vida! Não posso deixar o plano terreno, sem andar num balão. Please!

 Corrida maluca: Corrida automobilística


Vamos trabalhar com a ideia de que eu já sei dirigir tá? E esse assunto está totalmente relacionado com minhas infinitas tentativas de fazer meia embreagem, que postei ontem no blog (sejam bonzinhos!). Vamos ter fé, gente. Um Kart já é bom começo, que tal? Não? Acho que não né? Parece que os balões continuam sendo mais seguros para a humanidade.

 Três espiãs demais: Tiro esportivo
Claro que na vida real, um batom não vai virar uma nove milímetros, mas... bem que poderia né? Brincadeiras à parte. Sou encantada com o tiro esportivo. Acho o nível master da vida, soldados que se dedicam a ser atiradores de elite. Sim, porque precisa de muita precisão, concentração, agilidade, habilidade e todas as virtudes que talvez eu não tenha. #todoschoram Nada que um bom curso de tiro legal não resolva. No Brasil existe uma Confederação que regula essa prática em todo o território nacional, com competições e tudo mais. Quero!

 Popeye: Defesa pessoal (Krav Magá)
Sim, o Popeye está mais para fisiculturismo do que qualquer outro esporte, mas abstrai. Meu pai já me levou para umas aulas de Krav Magá, mas eu só tinha 15 anos. Na época só tinha gente bem mais velha que eu, então não passei da segunda aula. O Popeye não representa tão bem essa defesa pessoal, porque ser forte não é um requisito para praticá-la. Leia-se meu pai, que é bem matusquela xarope, hahaha, mas mexe... O que é necessário é habilidade, serenidade e técnica para imobilizar o "adversário". Acho que por questões de necessidade, e de que o mundo não está para andar como se estivéssemos num clipe de Katy Perry, é sempre bom saber o básico de uma técnica dessas. Vai que... né?

 Pequena sereia: Natação
Eu poderia falar em nado sincronizado, não é? É mais fino, tem classe, mas Renatinha se conhece, amigos! Não se enganem: o desmantelo seria inevitável. Como já fiz dois anos de natação, que tal se eu voltar pra essa vida e persistir mais um pouquinho? Eu tenho um problema seríssimo de respiração. Sou fanha (já falei né?), e no tempo que fiz natação, essa era uma das minhas maiores dificuldades: mergulhar de frente. Isso por causa da respiração debaixo d'água. Eu não dava conta de mexer as pernas, dar as braçadas e respirar - tudo ao mesmo tempo. Era informação demais pra mim! Eu sempre era a última a chegar nos 25 metros. (risos, eram só 25 metros gente!). Então sempre me dei melhor no nado de costas. Mas não perco a fé!

E vocês? Qual o desenho animado representa um esporte que vocês querem fazer? Bom domingo, gente linda, e até o blogday! Beijocas.

Encontre o blog ♥

30/08


Comentários

  1. Adorei isso gente.
    Olha eu super apoio o balonismo, ainda quero voar em um, tem coisa mais linda? Não tem.
    Nadar o coisa complicada gente, juro que já tentei inúmeras vezes, mas não rola.

    ResponderExcluir
  2. Aiiiii adorei a forma como você descreveu o seus esportes favoritos! Não tinha pensando em descrever dessa forma, ficou muito massa. E cara eu sou apaixonada pelas imagens de Salve Jorge daquele céu transbordando balões <3<3

    Eu adoro nadar, é tão gostoso!
    Beijos Rezinha

    ResponderExcluir
  3. Hahahahaha cara, desenho é vida <3!!!!!! AMEI a a forma que você os utilizou para representar os esportes, sério *-*.

    Olha, não sou chegada a esportes kkkkk. Não tenho o menor jeito para nada, mas, eu gostaria muito de praticar vôlei ou ginástica olímpica, adoro!!! Não consigo pensar em nenhum desenho que represente eles hahahaha. Dos que você falou só simpatizo com o balonismo, deve ser muito AMAZING hahahahah.
    Beijos!!

    Clareando Ideias

    ResponderExcluir
  4. omg, que legaaaaal o que você fez *-*
    adorei e com certeza o de 3 espiãs demais é o que eu mais gostei e faria super hahaha
    Bêeeejo linda!

    www.itszabella.com

    ResponderExcluir
  5. "O blog é meu e eu chamo como eu quiser" só vc Renatinha kkk. Minha mãe já andou de balão e ela disse que foi uma emoção sobrenatural, que é muito bom. Eu tb quero fazer tiro esportivo e defesa pessoal, deve ser muito legal!!! Eu fiz uma aula só de defesa e fiquei apaixonada e estou procurando academias de lutas onde tenha essa modalidade kkkkk.

    Agora as 3 espiãs, eu sou a verde. Eu quando criança transformava fácil fácil meus batons em armas, era só acreditar haha.

    Beijocas <3

    http://geovannacavadas.com/

    ResponderExcluir
  6. Adorei isso gente! kkkkk Com certeza eu também faria automobilismo no maior estilo corrida maluca, adorava esse desenho... Ah, ia comentar isso no seu vídeo, dirigir é persistência (sei que vc já deve ter ouvido muuuitooo isso, mas é verdade...rsrsrs)

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

20 semanas: chegamos na metade

Finalmente chegamos na metade da gestação. E quando penso nisso, vejo um reloginho me lembrando que logo logo seremos três em casa. Que logo logo, fraldas, lencinhos e chupetas vão se tornar acessórios obrigatórios na minha bolsa. Que logo logo, o cantinho que eu havia programado para ser meu escritório vai dar lugar a um lindo quarto de bebê. Que daqui a algum tempo, eu vou tropeçar em brinquedos. Que haverá mais um homem em casa. 
Tudo parece assustador e delicioso ao mesmo tempo. Tenho vontade de chorar e de rir. E em algumas ocasiões, não sei como diferenciar uma coisa de outra.
Esta semana eu passei dos limites nas comilanças. Comecei esticando de um chá de fraldas (de um amiguinho do Joaquim) para um aniversário. Nunca comi tanta bobagem e tomei tanto refrigerante de uma vez na vida. E na volta pra casa, a cada semáforo fechado, minha consciência ficava tão pesada quanto a minha barriga. #envergonhada
Minha mãe começou a fazer cueirinhos, toalhinhas de fralda e paninhos de chup…

O dia em que eu descobri o que houve com a gente

19 de março de 2018, o dia em que eu descobri o que houve com a gente.

Sou uma menina relativamente jovem, 25 anos mais pra lá do que pra cá. Digo relativamente, porque juventude é algo relativo (e não necessariamente tem a ver com a idade, aliás). Mas para o assunto que me permito escrever hoje, idade tem tudo a ver. É biológico para mulheres que pensam em ter filhos olhar sua própria idade de forma diferente. Eu nunca planejei filhos, na verdade. Quem me conhece sabe que nunca levei esse assunto assim a sério, como algo que eu precisasse pensar e planejar ou que fosse uma grande vontade. Nunca tive. Até acontecer.
É uma sensação parecida com estar apaixonado. Você não sabe que pode viver algo muito bom (vamos pensar no lado bom, apenas), até se apaixonar. A mesma descoberta eu tive quando descobri que estava grávida em dezembro de 2015. Não foi algo planejado. Aliás, conheço pouca gente que teve a sorte de planejar e ter o destino assim aos seus pés atendendo a esse "cronogra…

CK IN2U for Her: Básico, mas instigante

O CK IN2U for Her é amor à primeira vista, mas se for Eau de Toilett será um amor fugidio, com pouca fixação. Já o Eau de Parfum gruda nas roupas e na memória olfativa, prolongando uma sensação que é o maior diferencial deste perfume oriental floral: deixar a mulher cheirosa toda hora. Embora muita gente sinta cítrico, limão, baunilha, minha primeira impressão era de estar diante de patchouli, mas a nota é particular apenas ao perfume masculino.  De modo geral, ele pode ser classificado como um básico com personalidade e irradia alto astral, daqueles que cheiram a riqueza despojada, aquele tipo que não ostenta porque se define por ser e por si. Versátil, ele apresenta notas de fundo rico de baunilha e âmbar que associadas às notas de cabeça cítricas de toranja rosa efervescente, bergamota e folhas de groselha e as de coração, que são orquídea e cactus, proporcionam uma sensação de frescor que dura todo o dia – dependendo da evolução na pele de cada pessoa. A fragrância foi lançada pela …